Dèjá vu

Meu Deus!!! (ah, não posso, não acredito). Eu já tinha lido em e-mails de colegas da faculdade, mas hoje quando chego em casa a noite, e vou dar uma olhadinhas nas notícias do dia, na internet, vejo o que significa esse movimento, bastante suspeito suspeito, promovido pela OAB, o “Cansei” – que vergonha!!! – ainda mais para uma futura advogada (que vergonha pai!!). Empresários, advogados, médicos, etc organizaram uma marcha para esse domingo (28/07) – eu só me pergunto, onde estava o povo? – uma marcha que nos faz lembrar aquela de 1964, a Marcha da Família, com Deus e pela Liberdade, a de 2007 bem menos numerosa. São Pedro não colaborou com os “enviados” de Deus, e trouxe um frio de 8 graus para São Paulo, e eles não estão acostumados. Frio??? Pra quê?? Se não for na Europa, só com ar-condicionado!! Em São Paulo a tal marcha contou com pouco mais de 2000 pessoas, tranformadas em 5000  pelas “contas” dos organizadores, dais quais, algumas eram representantes do PSDB. Ora, mas o presidente da OAB, organizador do movimento, não havia dito que devia ser um protesto apartidário??? Parece que seus macaquinhos não estacam bem treinados.

Dentre as palavras de ordem que podiam ser ouvidas estavam: “Respeito” e “fora Lula”. Outra peculiaridade do movimento foi o fato de que os organizadores disseram que congregariam forças de todo e qualquer movimento social brasileiro, menos o MST!

Ps: Diz que o músico Seu Jorge apareceu por lá, subiu no carro de som e relembrou a tristeza das famílias das vítimas do acidente da TAM – em tempo: nos EUA, o estudo do conteúdo das caixas pretas do avião mostrou que, infelizmente, o erro do piloto foi decisivo para a gravidade do acidente – eu só espero que pessoas como ele não se tornem também, massa de manobra, como uma parte da classe média.

No momento em que termino esse post assisto, no Fantástico, a Glória Maria que, se encolhendo toda, comenta que o escasso público da passeata se devia ao frio. Eu não penso assim, frio passam as pessoas que moram nas ruas e favelas, e essas não deixariam de comparecer a um movimento que pudesse beneficiar o povo brasileiro. O Povo não foi convidado para a Marcha do Cansei, nem eu!!!

E, como diz o verso:

“Eu sou do povo, eu sou um Zé ninguém, aqui em baixo as leis são diferentes!!!”

 

___________________________

 

Eu não tô nem aí pro PAN, mas fico feliz que o time do Brasil tenha ganho a medalha de ouro no vôlei, assim o Bernardinho e seu filho vão ter uns dias de paz!

 

____________________________

Ah, mais uma coisa: hoje eu estava no Parque da Redenção a tarde e assisti a um protesto da galera da cena musical independente de Porto Alegre, contra a privatização do Auditório Araújo Viana, espaço, hoje municipal, onde as bandas se apresentavam de graça. Sinceramente, não estou devidamente a par desse assunto, mas como tenho receio de toda e qualquer privatização acho importante dar voz aos músicos contrários a ela. Este post do Núcleo Independente de Cultura é bem esclarecedor:

Núcleo Independente de Cultura – NIC
Núcleo Independente de Cultura – NICNIC quer dizer “Núcleo Independente de Cultura”. Somos um coletivo de bandas alternativas e independentes que tem como objetivo principal a discussão das políticas públicas em relação à cultura.Também queremos o debate sobre a ocupação e a utilização dos espaços culturais públicos de Porto Alegre, como por exemplo, a privatização do Auditório Araújo Viana e forma de ocupação da Usina do Gasômetro, também os critérios das licitações para tais ocupações. Assuntos como as leis de incentivo a cultura e principalmente a manutenção da cena musical local, também estão no foco.É uma batalha política, mas não partidária, achamos que tais mudanças têm que vir da própria comunidade cultural e é preciso não só exigir mudanças, mas também promove-las. Estamos cansados de ver músicos que já investem em seus instrumentos, aulas (por muitos anos), equipamentos, cds e a própria divulgação, pagando também para tocar, ou seja, existe uma inversão de papeis e valores que vem acontecendo há muitos anos em Porto Alegre, ao invés de receber por seu trabalho, estes músicos (trabalhadores) ainda se vêem obrigados a pagar para ter um espaço onde seja possível mostrar sua arte. Muitas bandas acabam antes mesmo de ter a oportunidade de lançar um disco, já vimos ao longo dos anos muitos excelentes trabalhos se perderem por falta de incentivo e todos os incentivos irem apara que não precisa.Estamos apoiando e dando assessoria técnica, logística e de imprensa a vários eventos, bem como melhores negociações organizando pacotes com sonorizações, palcos, transporte, segurança entre outros itens que compõe uma produção, desde que nenhum músico pague para se apresentar nos mesmos, alguns deles: Obscury Metal Rave dia 04/08 (Viamão) – Caverna Underground dia 11/08 (Encruzilhada do Sul). Não temos fins lucrativos e não cobramos por estes apoios ou assessorias. Estamos nos reunindo semanalmente em vários lugares cedidos pois ainda não possuímos uma sede, para participar mande seus contatos para: nucleo.independente@hotmail.com.

Sem mais por enquanto….(até teria, coisas sobre um filme que eu vi, coisas velhas, mas que não saem de moda, escreverei….)

Anúncios

~ por laurams em julho 30, 2007.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: