Coletiva do dia 8 de março.

mulherval.jpg

Dia 8 de março tem a nossa coletiva, muitas pessoas estão aderindo ao movimento!!! Não sei ainda, ao certo, sobre o que irei escrever, mas acredito que seja alguma coisa acerca da participação da mulher no mundo do crime, no tráfico de drogas e nas cadeias brasileiras.

O importante é que todos os que tenham a contribuir com nossa coletiva, o façam, pois isso fomenta o debate.

Anúncios

~ por laurams em março 4, 2008.

3 Respostas to “Coletiva do dia 8 de março.”

  1. Viemos aqui para lembrar voce que amanha eh dia de nossa coletiva pela valorizacao da mulher brasileira ! Ja contamos com cerca de 200 pessoas que assim como voce abracaram com carinho essa linda campanha pelas mulheres. Amanha eh dia de luta na blogosfera e contamos com seu apoio.

    Se ainda esta sem ideias para seu post, busque inspiracao em nossos blogs pois la voce encontrara varias ideias de abordagem. Se ainda nao for suficiente nos escreva que podemos lhe ajudar sem duvida.

    Um forte abraco e amanha fique certo que nos e mais um monte de pessoas estaremos aqui para ler o que voce tem para nos contar !

    Meire – http://meiroca.com/2008/02/05/pela-vlorizacao-da-mulher-brasileira/
    Lys – http://universodesconexo.wordpress.com/coletiva-pelas-mulheres/

  2. Incrivel você ter focado este aspecto prisional. Varios pontos saltam a vista: primeiro, que a gente nunca, nunquinha, deve tgirar conclusoes apriori, antes de investigar e ver a realidade em campo. Podemos ter surpresas! E assim foi com esta pesquisa, certo? Segundo: ver que a realidade do sistema prisional so reflete – talvez de forma exacerbada – a realidade dos nnao apenados. Submissa aqui, submissa ali. Em nivel hierarquico inferior aqui, tambem nas drogas. Ou será que existem muitas traficantes de grande prote, chefes mesmo? Desconheço. Finalmente, a situaçao prisional, em todos os seus aspectos. Parabens. Aprendi muito. Boa semana! Ethel Scliar

  3. Scliar, apesar de a gente saber que não deve julgar os fatos a priori, sempre acabamos fazendo, nem que seja internamente. Realmente,o resultado da pesquisa, quando falamos de dados do sistema carcerário brasileiro, que são mascarados e escondidos, ou simplesmnete não interessam, foi surpreendente. Tens razão qndo dizes que a realidade da mulher na prisão tb é de submissão,pois além de se submetrem aos desmandos de algumas agentes- não todas – muitas ainda são, de dentro da cadeia, comandadas pelo tráfico e por seus parceiros. Sobre mulheres como chefes do tráfico, o livro do Bill – Falcão – Mulheres e o Tráfico – revela que as mulheres estão chegando aos altos escalões das organizações criminosas, e, diferentemente do que se esperava – mais uma vez a priori – agem com uma crueldade que, muitas vezes, faz inveja à dos homens.
    Acho isso muito triste, o embrutecimento de pessoas, mas eu não poderia esperar outra coisa, qndo nós, sociedade, damos tão pouco valor às pessoas nas periferias, que se dirá nos presídios.
    Brigada pela visita, e volte sempre!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: